domingo, 21 de agosto de 2016

Goleiro Max fez a diferença e colocou o Itabaiana entre os oito melhores do Brasil na série D.



Max


Com gols de Fabiano (El Tanque) e Léo Paraíba, Tricolor elimina o Campinense e está a dois jogos do acesso à série C em 2017.

O grande herói da façanha Tricolor na noite de hoje chama-se Max. Contestado injustamente em algumas ocasiões, Max deixou o campo de jogo como o grande responsável pela classficação do Itabaiana às quartas de final da série D.

O Itabaiana bem que poderia ter aliviado a tensão dos torcedores se tivesse aproveitado duas chances claras de gol ainda no primeiro tempo, todavia, o Campinense também criou excelentes chances, mas parou nas incríveis defesas do goleiro Max.

Mal começou a segunda etapa e Fabiano de pênalti tratou de diminuir a vantagem da equipe paraibana.





Aos 42 minutos, eis que o presestinado Léo Paraíba entrou mais uma vez no decorrer da segunda etapa, e, após um ótimo cruzamento de Diogo Pereira colocou o Itabaiana no páreo. Explosão de alegria no Etelvino Mendonça.




Com o placar final de 2x0, a decisão da vaga para a fase seguinte fora definida nos pênaltis. 

O Campinense pagou caro com a eliminação pelo fato do técnico Paulo Moroni ter colocado em campo um time demasiadamente covarde e sem apetite nenhum pela vitória.

O goleiro Max confirmou sua noite de gala e defendeu 3 das 6 penalidades cobradas.

Este jogo serviu também para consolidar o nome do jovem Fred que, nas últimas duas partidas demonstrou que tem qualidade técnica e principalmente espírito guerreiro.

O Itabaiana vai enfrentar na próxima fase a forte equipe do São Bento de Sorocaba da poderosa Federação Paulista. O vencedor deste confronto ascenderá a série C em 2017.

Os horários dos jogos deverão ser divulgados amanhã pela CBF. Sabe-se que o primeiro jogo acontecerá na próxima segunda-feira às 20h aqui em Itabaiana.


O Tricolor da Serra jogou, venceu e se classificou com:

Max, Anderson Sorriso, Tiago Garça, Heverton e Edinho; Jo, Daniel Paraíba, Elyeser (Diogo Pereira) e Igor (Fred); Fabiano e Paulinho Macaíba (Léo Paraíba).





Parabéns aos jogadores pela garra e determinação empreendida hoje; parabéns também ao Prof. Felipe França pela ótima condição física da equipe e, parabéns aos verdadeiros torcedores que presenciaram um jogo épico e emocionante.


Veja mais algumas imagens por Juan Gabriel:





Edinho


segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Na garra, Tricolor elimina o Lagarto e garante vaga nas finais do sergipano sub-19.




Na tarde do último sábado, o sub-19 do Itabaiana venceu por 2x1 a equipe do Lagarto e garantiu vaga nas finais do campeonato sergipano de futebol sub-19. Os gols do Tricolor foram marcados pelo atacante Wagner.




Com a vitória, a equipe serrana também conquistou mais uma vez a condição de disputar a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a mais importante competição da categoria em todo o mundo.





O jogo foi muito travado e em alguns momentos quase enveredou para a pancadaria. Durante toda a semana jogadores das duas equipes trocaram farpas pelas redes sociais, entretanto, ao apito final do árbitro Izail Torres, a garotada tricolor comemorou a vitória e a conquista do direito de decidir o campeonato sergipano. O adversário do Itabaiana será o Estanciano que eliminou o Sergipe. A decisão será realizada em duas partidas, provavelmente ambas devem acontecer na Arena Batistão em Aracaju, fato que desagradou as duas equipes. "Não é justo que na hora do filé, a Federação Sergipana retire de nós torcedores que acompanhamos até agora, o direito de assistir e apoiar nossa equipe", destacou o torcedor Pedrinho do Itabaiana.





Em meio a tantas dificuldades e privações vivenciadas todos os dias, os jogadores e a comissão técnica do Sub-19, comandada pelo treinador Serginho Baiano estão de parabéns pela maneira com que defenderam e respeitaram as cores e a tradição da Associação Olímpica de Itabaiana. 
Se por algumas vezes não fora possível mostrar um futebol de alta qualidade técnica, a garra e a vontade de vencer sempre foram aliadas deste grupo.
Na comissão técnica há um respeito mútuo e as vaidades pessoais foram colocadas de lado em prol de um projeto homogêneo. 




"No sub-19 não há o "meu" time, e sim o "nosso" time. Talvez daí consigamos extrair a fórmula do sucesso", destacou o técnico Serginho.





Parabéns a todos que estão envolvidos neste projeto. Parabéns ao ex-presidente do Itabaiana Eduardo Almeida que foi, sem dúvida nenhuma, o grande entusiasta desta parceria. Se não fosse pelo interesse de Eduardo, dificilmente o Itabaiana teria disputado o campeonato.


Destaque também para a Torcida Jovem Tricolor que se fez presente e apoiou a garotada do início ao fim.




Logo após a partida, os irmãos Evandro e Emilson Noronha, através da Campanha SOS Tricolor proporcionaram à garotada e à comissão técnica, um jantar de confraternização em um dos restaurantes da cidade. 


Passado o momento da euforia pela conquista da vaga de finalista, a equipe de Serginho Baiano retorna aos treinamentos nessa terça-feira, buscando o aprimoramento para enfrentar o Estanciano em duas partidas que valerão o título estadual de 2016.


Parabéns a todos vocer pela humildade e a garra.







Acompanhe mais algumas imagens:

























terça-feira, 2 de agosto de 2016

Itabaiana conquista classificação dramática em Fortaleza.




A equipe do Itabaiana venceu na tarde do último domingo em Fortaleza o frágil Uniclinic pelo placar de 3x2, com gols de Anderson Sorriso(2) e Paulinho Macaíba.


Anderson Sorriso

Paulinho Macaíba


O Tricolor da Serra entrou arrasador e chegou a colocar três gols de diferença. Diferentemente da equipe sergipana, o Uniclinic do técnico Maurílio Silva ficou totalmente retraído no seu campo e dava mostras claras que tentaria levar o jogo para as penalidades. 
O Itabaiana por sua vez, a exemplo do que aconteceu no jogo do Potiguar, entrou com muita garra e vontade de vencer.

Durante todo o primeiro tempo, literalmente, só o Itabaiana jogou. Abriu o placar com um golaço de falta do lateral Anderson Sorriso.

Para a segunda etapa, o técnico do Uniclinic efetuou algumas modificações que tornaram sua equipe ainda mais vulnerável. Não demorou muito para Sorriso, de novo, fazer outro golaço, o seu segundo no jogo.

Daí para frente, a equipe cearense se atirou de forma desorganizada em busca de diminuir a diferença no placar, fato que proporcionou ao Itabaiana bons momentos de contra-ataque. Num desses, Igor recebeu a bola fora da área, chutou forte e a bola sobrou para o atacante Paulinho Macaíba marcar seu primeiro gol na competição. Uniclinic 0x3 Itabaiana.


Praticamente com a vitória consolidada e com espaços abertos para atacar, o Tricolor poderia ter ampliado o placar, todavia, uma substituição equivocada do técnico Leandro Campos mudou todo o cenário do jogo. Com a entrada do zagueiro Alexandre - que não participava de um jogo oficial havia dois meses - no lugar do volante Daniel Paraíba, a equipe ficou desnorteada e, o que era euforia por parte da torcida, se transformou em apreensão.
O Uniclinic aproveitou a confusão tática na defensiva do Itabaiana e marcou dois gols relâmpagos. A equipe cearense continuou sufocando e só não chegou ao gol do empate ou mesmo uma virada, pelas intervenções do goleiro Max.

Max


Não houve relaxamento por parte do jogadores; eles foram verdadeiros guerreiros dentro de campo. Infelizmente a equipe abdicou de aplicar uma goleada histórica e resolveu recorrer a tradicional e abominável retração.


Ufa! Ao apito final do bom árbitro piauiense Antonio Dib Moraes, veio o alívio. Itabaiana classificado para a terceira fase do campeonato brasileiro da série D.




O adversário do Tricolor da Serra será o Campinense/PB, que eliminou o Globo/RN. A primeira partida da terceira fase contecerá no dia 14/08 no estádio Ernani Sátyro em Campina Grande.

Não podemos deixar de ressaltar o excelente trabalho que o Prof. Felipe França vem realizando na preparação física do grupo.


Felipe França (foto de arquivo Felippe Araújo)


O Itabaiana jogou e venceu com:

Max, Anderson Sorriso, Héverton, Tiago Garça e Janilson Madona; Daniel Paraíba, Diogo Orlando, Clóvis e Igor; Fabiano e Paulinho Macaíba. Entraram ainda Alexandre, Edinho e Léo Paraíba.





Destaque especial para os pouco mais de quarenta torcedores que viajaram mais 2.200 km para ver de perto a classficação tricolor.

" É muito bom sair de nossas casas para acompanhar nosso time. Quero parabenizar todos os jogadores que lutaram dentro do campo e conseguiram a classificação", destacou o torcedor Edmilson Pintor.












Vejam mais algumas imagens por Juan Gabriel Valença: