segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Lateral Magno deixa o Tricolor.

foto:  Frederico - TV ITNET



O lateral direito Magno que, na temporada passada teve uma boa passagem pela equipe do Tricolor da Serra, não faz mais parte do elenco para 2018.

O jogador chegou a ser apresentado com o restante do grupo na Manhã Tricolor e, na ocasião, se mostrou bastante satisfeito em retornar à Itabaiana.

Em contato com o diretor de futebol Adailton Sousa, o mesmo explicou que, havia um acerto com o jogador onde o Itabaiana deixou bem claro que diferente dos anos anteriores, o clube serrano não arcaria com moradia de nenhum dos profissionais, exceto com a do técnico.
Segundo Adailton, Magno aceitou com tranquilidade a condição, entretanto, ao chegar à cidade, o jogador mudou radicalmente de ideia e disse que só permaneceria se a equipe se responsabilizasse com o pagamento do seu aluguel. Como não houve um entendimento, o jogador preferiu pedir seu desligamento do Tricolor.


Sobre a saída de Magno, Adailton se mostrou tranquilo e tratou o fato com naturalidade:
" Nós que estamos no futebol, já nos acostumamos com episódios como este. O Itabaiana não irá fazer loucura e prometer o que não poderá cumprir. Já estamos trabalhando para repor a posição,mesmo porque, temos outros jogadores no elenco que podem jogar naquele setor de campo.


terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Tricolor inicia temporada 2018.

O Itabaiana iniciou os trabalhos para a temporada 2018 nesse domingo.

Com uma renovação de mais de 80% em relação ao elenco dos anos anteriores, o Tricolor da Serra comandado pelo técnico Gilberto Pereira  e pelo preparador físico Carlinhos, segue rigorosamente o p cronograma de trabalho que tem como objetivo principal neste início, conquistar a vaga para a fase de grupos da Copa do Nordeste 2018.

O Itabaiana irá enfrentar o Clube Náutico Capibaribe em dois jogos pela seletiva, nas datas 09/01 e 12/01 consecutivamente, sendo o primeiro no estádio Etelvino Mendonça em Itabaiana e o segundo com local ainda indefinido no estado de Pernambuco.




























segunda-feira, 5 de junho de 2017

Ufa! Tricolor vence a primeira na série D e esboça recuperação.




Com gols de Alex Murici e Thomas Anderson, o Itabaiana conseguiu sua primeira vitória no brasileiro da série D.


O Tremendão entrou em campo sabendo que só a vitória poderia colocá-lo de novo na competição.

O início foi muito nervoso de ambas as partes. Enquanto o time serrano buscava desordenadamente a marcação do primeiro gol, seu adversário, o Atlético de Pernambuco vivia dos contra-ataques do bom atacante Cezinha, sem dúvida o melhor jogador da equipe pernambucana.





Num chute fraquinho de fora da área, o lateral Alex Murici abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo. Aos 32, Cezinha, em jogada individual igualou o jogo. O Itabaiana teve ainda a chance de pular na frente de novo, mas Paulinho Macaíba acabou chutando a bola na trave na cobrança de uma penalidade máxima. E ficou nisso o 1º tempo: Itabaiana 1x1 Atlético/PE.





Para a segunda etapa o técnico Betinho do Itabaiana, realizou duas alterações, saíram Chapinha e Pedro Pires, para as entradas e Thomas Anderson e Fábio Gama, respectivamente.

Não demorou para o Tricolor da Serra voltar a ficar à frente do placar. Após um cruzamento perfeito pelo lado direito de ataque, Thomas Anderson se antecipou a zaga e marcou o gol que sacramentaria a vitória do Itabaiana. 2x1.





Betinho fez mais uma substituição. Colocou Mika em lugar de Daniel Paraíba, que saiu reclamando de uma possível pubalgia.


Com as duas substituições, o time da casa melhorou muito, sobretudo com a entrada do meia Fábio Gama, onde o mesmo criou vários situações que poderiam ter resultado em mais gols. Aliás, nesse quesito, a equipe continua devendo muito.





O jovem lateral esquerdo Neto, fez um bom segundo tempo e, a expectativa é que o jogador vá adquirindo confiança no decorrer da competição.





Destaque para a grande partida de Zaquel. 





Os fatos negativos ficaram para o inexpressivo público pagante, cerca de 250 torcedores e, para a expulsão infantil do zagueiro Hugo, que acabou se envolvendo numa confusão com o atacante Júnior do Atlético.

É compreensível a indignação do torcedor tricolor, principalmente depois da perda de dois títulos estaduais seguidos, todavia, fica praticamente inviável manter um elenco forte com arrecadações com essa de ontem.
Decididamente, as estatísticas demonstram que, jogos interestaduais não despertam o interesse do torcedor tricolor.



O Itabaiana jogou e venceu com:

Genivaldo, Alex Murici, Tiago Garça, Hugo e Neto; Zaquel, Daniel Paraíba (Mika), Chapinha (Thomas Anderson) e Pedro Pires (Fábio Gama); Paulinho Macaíba e Victor Sapo.






A equipe retoma os trabalhos na manhã dessa terça-feira, em preparativo para a sequencia da série D, onde vai à Pernambuco enfrentar o Atlético mais uma vez.



Acompanhe alguns momentos do jogo pelas lentes de Juan Gabriel:










segunda-feira, 22 de maio de 2017

Tricolor abusa de perder gols e dá vexame em casa.

Pela abertura do grupo A08 do Brasileiro da série D, o Itabaiana estreou na tarde de ontem no estádio Mendonção e foi literalmente humilhado pelo Fluminense de Feira de Santana, ao ser derrotado pelo placar de 4x1.
Pouco mais de 700 testemunhas estiveram no estádio e viram um Itabaiana frágil na marcação e sem apetite nenhum para converter em gols as chances criadas.

Antes de receber o primeiro gol, o Tricolor da Serra era senhor soberano do jogo, dando até a impressão que venceria a partida sem muitas dificuldades, dada a extrema vulnerabilidade que o setor defensivo do "touro" apresentava naquele momento.
Eis que, na metade do primeiro tempo aconteceu o lance que mudaria drasticamente a história do jogo:
- o atacante Diego Neves, após receber uma assistência perfeita do volante Daniel Paraíba, entrou sozinho, cara a cara com o goleiro baiano e, displicentemente, penso que até intencionalmente chutou duas vezes em cima do goleiro; perdendo um gol absolutamente incrível.

No lance seguinte, o Fluminense encaixou o contra-ataque e marcou seu primeiro gol; e ficou assim a primeira etapa.
Mal começou o segundo tempo e não demorou para que o "touro" ampliasse o placar. Flu 2x0.
Quatro minutos depois, de pênalti, Paulinho Macaíba marcou para o Itabaiana. Com o gol, a torcida do Tricolor da Serra até acreditou numa reação. Ledo engano! O Flu de Feira se aproveitou da marcação inexistente na equipe do técnico Betinho e aos 20 e 37 minutos, marcou de novo e decretou a vexatória derrota serrana.
A escalação do atacante Diego Neves como titular pegou todos de surpresa, haja vista, que o diretor de futebol Adailton Sousa, de viva voz, havia revelado no programa Show do Esporte da Fm Princesa que o mesmo não mais interessava à equipe Tricolor da Serra, e, estranhamente, o jogador fora relacionado e escalado como titular.
Em contrapartida, vale ressaltar a participação efetiva do volante Daniel Paraíba, onde o jogador buscou o jogo a todo instante, fosse na hora de defender, como principalmente na retomada de bola ao ataque.


Apesar de estarmos apenas na primeira rodada - num total de seis - da competição, se faz necessário, se é que o Itabaiana tem pretensões de seguir adiante, identificar e afastar imediatamente os jogadores descompromissados com o clube.
Na história mais recente, o Itabaiana tem pago um preço muito alto por não ser austero quando necessário. É preciso que as pessoas que dirigem façam valer suas autoridades e hierarquia, pois, é sabido por todos que o Itabaiana tem dado a melhor condição de trabalho possível, mas na hora de cobrar age de forma paternal, comprometendo o sucesso da equipe.
O Itabaiana jogou e perdeu com:
Genivaldo, Alex Murici, Tiago Garça, Hugo e Neto; Zaquel, Daniel Paraíba, Chapinha (Victor Sapo) e Pedro Pires (Daniel Tavares); Diego Neves (Thomas Anderson) e Paulinho Macaíba.

A equipe volta aos treinamentos na manhã dessa terça-feira em preparação para o segundo e difícil compromisso pela série D, contra o Campinense/PB - que também vem de derrota - no estádio Ernani Sátyro, o "Amigão" em Campina Grande, no próximo domingo às 17h.
Acompanhe algumas imagens do jogo por Juan Gabriel: