sábado, 30 de outubro de 2010

Sem perspectiva!

Arregaçar as mangas


De volta após três dias de estada em São Paulo, a diretoria do Itabaiana ainda não se pronunciou a respeito das intenções e das conquistas em terras bandeirantes.Pelo menos a este cronista, as informações ficam apenas no campo especulativo e nada de oficial.
É sabido que o Itabaiana, ao contrário do que muitos esperam, não fará uma equipe competitiva para o certame 2011.Até agora, a direção de futebol não anunciou se quer, a contratação da comissão técnica.

Diante desta realidade, surgem as perguntas que precisam de respostas imediatas:
- o diretor de futebol tem autonomia e confiança dos outros membros diretivos?
- o diretor financeiro tem em seu poder as informações e os documentos inerentes à sua pasta?
- o Itabaiana já viabilizou contatos no intuito de angariar receitas?
- os conselheiros têm participado ativamente das decisões do clube?
- e se o empresário e ex-diretor financeiro Beleleu confirmar a sua insatisfação e retirar o patrocínio?
- o que esperar do Tremendão da Serra para 2011?

Descentralizar


As indagações são pertinentes e vêm em boa hora, ou seja, antes de dezembro chegar.Aliás, já se tornou rotineiro o Itabaiana todos os anos perder jogadores locais para equipes de menor expressão e poder aquisitivo. 
No início desta década, era comum houvirmos queixas dos dirigentes quando o assunto era contratações.Sempre as mesmas justificativas com tom de arrogância: " só sabe quem tá lá dentro"; "falar é fácil". Mas, confesso que eu nunca entendi, sé é tão ruim assim, por que não larga? 

Espero que esta diretoria, que é infinitamente mais democrática que as anteriores,  tenha a maturidade de entender que o Itabaiana é uma questão social e pública, não pode ser tratada como uma empresa particular.
Se a situação não é boa, convoque a imprensa e a torcida - minúscula por sinal - e abra o jogo, conte tudo, sem subterfúgios.

É duro ouvir a verdade, mas amigo também discorda.A hora é de trabalho em equipe. (1+1>2).

Trabalho em equipe

Um comentário:

  1. Boa Tarde Beto,

    Fico Feliz em saber que vc, embora muitas vezes sozinho, luta pela causa tricolor. O Itabaiana é muito mais que um grupo, um partido politico ou mesmo um simples clube. O Itabaiana é a nossa pele, é o nosso corpo e verdadeiramente a nossa alma, como o próprio hino diz. Será que vai entrar ano e sair ano, e não se aprende que o futebol brasileiro é igual a uma casa ou edifício. Sem uma ótima base feita, a casa ou o prédio CAI. Não adianta começar um trabalho todo ano. Tem que ter sequência. Será que essas pessoas não tem acesso a internet ou não sabem lidar com a net? Veja o Figueirense, Avaí, Atlético Paranaense, dentre os menores ou mesmo o Grêmio, São Paulo, Cruzeiro, Corinthians entre outros grandes clubes que sabe que a fonte do clube passa pela formação de atletas e também com uma excelente organização, como uma EMPRESA. Não adianta possuir cargos por QI(Quem Indica), mais por mérito e conhecimento. O Edimilson foi uma ótima idéia de começar este trabalho na base, mais quem é que indicou os atletas para poder trabalhar? Vc assiste uma partida do Sub-17 ou mesmo sub-15 e é raro vc ver um jogador destas duas categorias chamar a responsabilidade do jogo para si. O primeiro passo foi dado, o que falta agora é sequência do mesmo. Mais uma vez, PARABÉNS pela liberdade de poder realizar um trabalho independente e muito coerente.

    Abraços,


    Laerte de Menezes
    www.fairplayct.com.br

    ResponderExcluir

A sua opinião é livre.