sábado, 18 de dezembro de 2010

Técnico deixa o Itabaiana na mão e acerta com equipe alagoana.

Edson Ferreira

Desde a tarde de ontem, Edson Ferreira não é mais o técnico do Itabaiana.Por volta das 14h, Edson procurou o diretor de futebol da equipe, Adilton Sousa e comunicou a sua saída.O estranho disso tudo é que, imediatamente, o técnico deixou a cidade de Itabaiana sem sequer, se despedir dos jogadores.Com ele, sairam também o auxiliar Marcelo Ferreira e o preparador físico Saulo Calheiros.
Apesar de se mostrar resignado, Adailton Sousa dava mostras de desapontamento com a atitude abrupta e, de certo ponto egoísta de Edson."Pegou todos de surpresa, eles estavam realizando um bom início de trabalho, mas argumentou que a proposta do CRB/AL foi irrecusável.Claro que atrapalha um pouco o planejamento, mas, já temos alguns nomes para substituí-lo.Desejo boa a sorte ao Edson, não queremos trabalhar com nenhum profissional insatisfeito", disse.

Sobre o novo treinador, Adailton revelou que o nome será mantido em sigilo até a finalização das negociações.A exemplo de Edson Ferreira, não deverá ser um ténico aqui de Sergipe.
Edmilson Santos, técnico/coordenador das categorias de base, e que vem fazendo um belo trabalho, assumirá interinamente o comando da equipe principal até a chegada do novo profissional.

Este blog deverá nas próximas horas, manter um contato via telefone com o ex-técnico do Itabaiana e saber dele, as razões que o levaram a deixar a equipe tricolor dessa forma.






Um comentário:

  1. Como o Itabaiana é Bonzinho. O cara assina contrato, solicita reforços e depois abandona o barco,e ninguém fala nada. Ou melhor deseja boa sorte. A parte mais importante de uma equipe que deseja ser campeã, é justamente a pré temporada. Será que vão rescindir os contratos dos atletas indicados por ele. Ou vai esperar que lá na frente o futuro técnico, em caso de insucesso, argumente que pouco fez para forma a base da equipe tricolor, pois já pegou um grupo quase formado. Ou será que o Tricolor virou cabide de emprego de um Treinador sem escrúpulo, que indica jogadores e depois pega o boné e vai embora. Tinha que dá é uma sova nessa sacana. Será que vai virar moda, os forasteiros chegarem em Itabaiana, serem bem tratados e depois dá um pé na bunda de jogadores e diretoria. Ou será que teve algo misterioso, que não foi contado. Sinceramente, fico feliz de ter o seu blog, para saber verdadeiramente o que aconteceu, pois a forma como está sendo tratado o caso, parece coisa de compadre, " pode entrar que a casa é sua". Seria tão simples se tivessem estipulado uma multa de 3 ou 6 salários para uma rescisão. Ou então atacar este treinadorzinho na imprensa, para todos saberem quem é está pessoa que assume compromisso, mais que sequer mantém Palavra. No futebol não existe palavra, existe CONTRATO.

    ResponderExcluir

A sua opinião é livre.