quinta-feira, 7 de abril de 2011

Ex-presidente abre "caixa preta" do Itabaiana.

Amilton Gomes

Em entrevista a Eduardo Abril, âncora do programa de jornalismo da Rádio Capital do Agreste, o ex-presidente e hoje diretor financeiro da Associação Olímpica de Itabaiana, Amilton Gomes,  fez uma verdadeira devassa na história administrativa do clube serrano. Dentre outras coisas, Amilton revelou fatos até então escondidos à sete chaves, senão vejamos:

- Doação obscura do antigo estádio Etelvino Mendonça, de propriedade do Itabaiana e, que inexplicávelmente foi entregue ao governo estadual da época;
- Venda da antiga sede na Rua Gal. Valadão;
- Venda de parte da Vila Olímpica;
- Pagamento de impostos desde os anos de 1967 até 2008 da equipe de futebol, como o não recolhimento de FGTS e outros impostos trabalhistas;
- Indenização a um funcionário de uma emissora ligada ao ex-proprietário do Itabaiana, que reside no espaço da Vila Olímpica;
- Prestação de contas dos recursos arrecadados com a venda de títulos de sócios do clube Vila Olímpica;
- Inexistência de documentação, como atas de reuniões, folhas de pagamentos e etc.
- Possibilidade de leilão de todo o imóvel em questão por falta de pagamento a funcionários. 

E o mais grave foi revelado ao final da fala de Amilton Gomes, quando o nobre advogado e diretor do Itabaiana, questionou o ex-proprietário da Olímpica de Itabaiana, sobre uma transação comercial, onde foi vendido um imóvel em situação de hipoteca e o dinheiro não foi ressarcido ao comprador. Gravíssimo!

Diante de tanta acusação, o ex-proprietário do Itabaiana, emudeceu e limitou-se a citar nomes de personalidades idôneas do município, com o objetivo de tentar recuperar a credibilidade de outrora.

Segundo Amilton Gomes, existem ainda outros fatos graves a serem revelados em tempo oportuno. Aguardemos portanto.Meu Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.