quarta-feira, 26 de outubro de 2011

"Que mentira, que lorota boa".


O que era para ser um encontro de desportistas compenetrados e com novas ideias, o Seminário Esportivo promovido pela Federação Sergipana de Futebol, transformou-se apenas num festival de comes e bebes e blábláblás enfadonhos que não acrescentarão nada, absolutamente nada de novo ao nosso combalido futebol sergipano.

O proposta do Seminário ou "Seminada" teria sido uma ótima ideia se, ao invés de não obstante, servir de retórica politiqueira, a FSF tivesse convidado profissionais que de fato têm algo a contribuir para a redenção desse mesmo futebol que outrora fora chamado de profissional. Findo o evento, a sensação que fica é que dirigentes e boa parte da imprensa esportiva está mesma preocupada é com o contumaz e infame ato de puxassaquismo e a péssima e deselegante mania da boca-livre ou mordomia, como queiram.

Pobre futebol sergipano!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.