segunda-feira, 5 de março de 2012

Atenção: Jogo sujo II.


Após a conquista da vaga para o cruzamento olímpico do 1º turno por parte do Itabaiana, um fato tem incomodado e preocupado o diretor de futebol Adailton Sousa. 
Só para relembrar, em 2007, o Tricolor da Serra estava muito bem no campeonato, sendo o meia-atacante Harley considerado o destaque, o diferencial  da competição. Acontece que, após uma partida insólita no meio da semana, no estádio Médici, onde o Itabaiana goleava a equipe do Confiança no primeiro tempo por 4x0, inexplicávelmente a maioria dos jogadores do "Dragão" sentiram-se mal e a partida teve de ser interrompida. Após o jogo, na manhã seguinte, todo a comunidade desportista de Sergipe foi pega de surpresa com o súbito interesse do E.C. Bahia pelo atleta do Itabaiana, mas com uma condição, o jogador teria que se apresentar ainda na sexta-feira, dois dias antes de um jogo importantíssimo contra o Olímpico em Itabaianinha, e que poderia colocar a equipe serrana numa condição de conquista do turno. O jogador exigiu a sua liberação e, quando lá chegou - Salvador - sequer jogou uma partida completa.

Pois bem, segundo o diretor serrano, o fato está se repetindo nesse campeonato. Vários jogadores, na verdade, cinco deles, estão sendo assediados quase que diarimente por equipes do nordeste. Inclusive hoje, uma pessoa se dizendo da imprensa de Sobral, município do estado do Ceará, ligou para saber informações sobre o meia Bruno Iotti e da possibilidade de uma transferência emergencial.

Infelizmente no nosso futebol, pessoas inescrupulosas, venais, mercenarios que se passam por empresários, ainda encontram guarida em veículos de comunicação e em clubes de futebol, quando não são os próprios dirigentes que utilizam desse expediente abominável.

Atenção: Olho vivo, muito vivo.O jogo sujo voltou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.