quarta-feira, 7 de março de 2012

Estádio Pres. Médici: 41 anos de contribuição ao futebol sergipano.


Dia 7 de março de 1971. Esta é a data em que a Associação Olímpica de Itabaiana ganhava a nova arena para seus jogos. Antes suas partidas eram realizadas no antigo Tabuleiro dos Caboclos, que depois ganhou o nome de estádio Etelvino Mendonça, que foi o prefeito responsável por cercar de muro o estádio.
O velho e simpático campo Etelvino Mendonça ficava localizado no final da rua Coronel Sebrão, também conhecida por Beco Novo. Foi lá que a Olímpica de Itabaiana sagrou-se campeã estadual em 1969, seu primeiro título como uma equipe profissional, no dia 28 de agosto.
Com a conquista do título de 1969 e a crescente paixão dos itabaianenses pelo futebol, mormente pelo seu time, aquele campo e as suas reduzidas e precárias instalações para o público, atletas, imprensa e demais integrantes de uma partida de futebol estavam defasadas e insuficientes. Assim sendo, seria necessário um novo palco para as apresentações da Associação Olímpica de Itabaiana.
Na tarde de domingo do dia 7 de março de 1971, numa tarde festiva o “Tricolor da Serra” recebeu a visita da equipe do Grêmio de Porto Alegre para a inauguração do seu novo estádio, o Presidente Médici. O futebol serrano ganhava um palco a sua altura, ao seu nível, e a partir daquela data até os dias atuais é lá que a Associação Olímpica de Itabaiana recebe seus convidados e enfrenta seus adversários.
Quanto ao jogo de inauguração os artilheiros não marcaram gols, zero a zero foi o resultado final. Com isso não se pode afirmar que as emoções não aconteceram, elas estiveram presente principalmente no duelo entre o lateral tricampeão mundial Everaldo e o veloz ponteiro serrano Edmilson. Este não deu vida fácil ao famoso lateral.
Naquele dia as equipes jogaram assim:
 Itabaiana: Marcelo; Augusto, Humberto, Elísio e Messias; Gustinho, Bené e Zequinha; Edmilson, Hórácio e Tatica.
Grêmio: Jair, Domingos (Espinosa), Di, Beto e Everaldo; Jadir (Júlio Amaral – Ivo), Gaspar e Caio; Flecha, Alcindo (Paraguaio) e Loivo.
Na era do estádio Presidente Médici a Associação Olímpica de Itabaiana foi campeã do Nordeste e vice do Norte, em1971; conquistou o estadual no ano de 1973; foi pentacampeã estadual de 1978 a 1982; campeã estadual em 1997 e novamente campeã estadual no ano de 2005, seu último título.
Parabéns glorioso estádio Médici, que está muito mais lindo e moderno a cada dia, principalmente após a recente reforma.
Parabéns torcida tricolor por ter um palco digno de sua grandeza.



http://globoesporte.globo.com/platb/se-torcedor-itabaiana/2012/03/06/aniversario-do-estadio-medici/

Por:  Prof. Manoel Aelson Góis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.