quinta-feira, 7 de junho de 2012

Treinador de goleiros João José deixa o Itabaiana e acusa alguns jogadores de "traíras".



O treinador de goleiros João José, deixou esta semana a equipe do Itabaiana alegando injustiça e má fé na divisão da gratificação pela conquista do título de campeão sergipano de 2012. Segundo o treinador, alguns poucos jogadores ficaram na incumbência da divisão equânime, coisa que não aconteceu. Inclusive, segundo João José, apenas os que faziam parte da comissão desses jogadores, já receberam o dinheiro extra. "Fiquei muito decepcionado, principalmente quando eu soube que um determinado jogador foi o "cabeça" para que nós da comissão técnica não recebessemos integralmente. O que eu estranho é que esse mesmo jogador só veio para o Itabaiana por insistência minha e de Nelson Lima junto a Adailton. Tenho certeza que outros colegas estão insatisfeitos lá, mas preferem calar e aceitar a situação, fingindo que está tudo bem", disse João José.
Questionado sobre o jogador que havia articulado tudo, João disse que por enquanto prefere guardar em sigilo, mas que num momento oportuno revelará o nome.

Procurado por nossa reportagem, o diretor de futebol Adailton Sousa disse que a diretoria não teve nada a ver com a divisão da gratificação, "isso ficou por conta deles mesmos", referindo-se aos jogadores. Quanto ao pagamento do restante do grupo, Adailton Sousa confirmou a informação anterior e disse que ainda esta semana tudo será normalizado.

Com a saída de João José, o Itabaiana tratou de contratar imediatamente outro profissional. Trata-se do alagoano Lula, que dentre outras equipes, já trabalhou no CSA e mais recentemente estava no Coruripe, ambos de Alagoas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.