domingo, 8 de julho de 2012

Itabaiana volta a jogar mal e tropeça no Vitória da Conquista.


O Itabaiana fez hoje o seu segundo jogo pela série D do campeonato brasileiro. A exemplo do que aconteceu na derrota para o Sousa/PB no domingo passado, a equipe simplesmente foi ridícula, apática e em alguns momentos, chegou a ser bizarra. Mostrou a mesma fragilidade na marcação do meio campo e insegurança na defesa. Já o Conquista, uma equipe modesta técnicamente, e que veio à Itabaiana tentar arrancar um empate, se viu ganhando por 2x0 no primeiro tempo.
Na volta do intervalo, o técnico Laelson Lopes colocou o atacante Rena no lugar de Everton. Foi presão o tempo todo, até que, em dois lances muito parecidos, cruzamentos pela esquerda, Rena, mesmo de baixa estatura, conseguiu marcar os dois gols que consolidaram o empate do jogo. Final: Itabaiana 2x2 Vitória da Conquista.

Ao final do jogo, o técnico Laelson Lopes e alguns jogadores foram bastante hostilizados pela torcida, que bradava, exigindo raça.
Nesse clima, alguns profissionais de imprensa, com a neurose de informar primeiro, chegaram a noticiar a demissão de Laelson, fato que foi desmentido pelo diretor de futebol Adailton Sousa.

O certo é que, a equipe precisa reagir na competição, perder pontos em casa pode dificultar ainda mais uma possível classificação para a segunda fase, todavia, com o futebol pobre de criatividade e paupérrimo em termos táticos que a equipe vem apresentando, se faz necessárias mudanças radicais no grupo, não só de nomes, mas principalmente de postura, vontade, profissionalismo. Esse negócio de dar uma "roubadinha" aqui e outra ali, é coisa de "boleiro" derrotado, mercenário. Sobre o jogo de hoje, o diretor Adailton Sousa disparou : " Foi horrível! Tenho que saber quem é que quer mesmo jogar no Itabaiana, esse negócio de "neguinho" dar "migué", pensando que tem otário aqui, não vai colar; ou joga com raça no Itabaiana ou será mandado embora".

O time jogou com:
Carlos Luna, Fabiano, Duílio (Dinei), Valdson e Edson; Tácio (Magno), Raulino, Thiago Corrêa e Everton (Rena); Roni e Bibi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.