quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Falta de sorte ou incompetência?



Só um milagre!

Após a segunda derrota consecutiva, só um milagre pode colocar o Tricolor da Serra na fase seguinte da série "D". Confirmando a falta de atenção e fragilidade no setor defensivo e a incompetência no ataque, o representante sergipano foi derrotado por 2x0 na Bahia e complicou de vez sua situação. Caso se confirme a desclassificação do Itabaiana, esta será a terceira vez em três anos, que um representante de Sergipe é eliminado na fase classificatória da competição.

Em Senhor do Bonfim/BA, contra o Feirense, a equipe sofreu dois gols em menos de dez minutos ainda no primeiro tempo. Após isto, foi um jogo de ataque contra defesa, inclusive, a equipe baiana teve dois jogadores expulsos e um pênalti contra, mas, mesmo assim, o Itabaiana confirmou a sua péssima performance nas finalizações. Final: Feirense 2x0 Itabaiana.

A equipe Tricolor se reapresentou ontem, terça-feira, num clima de velório. Havia a expectativa que uns cinco ou seis jogadores fossem afastados, coisa que não se confirmou, pelo menos no dia de ontem. A torcida está na bronca e cobra da diretoria medidas enérgicas e firmes contra alguns jogadores e, principalmente, que não se repita nas próximas competições os mesmos critérios de contratações, se é que houve algum tipo de critério.
Após a participação na série "D", o Itabaiana terá quase noventa dias de ociosidade, tempo mais que suficiente para avaliar os erros cometidos e realizar uma "faxina" administrativa. Tirar do meio as "ervas daninhas" que atrapalham; na verdade emperram o desenvolvimento do atual campeão sergipano. É preciso que haja denodo e pulso firme em promover mudanças radicais de material humano e de postura, se é que, os que dirigem o  Itabaiana, estão preocupados com o futuro do clube.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.