domingo, 13 de janeiro de 2013

Tricolor evolui e vitória era o resultado mais justo





Time serrano mostrou evolução no último amistoso antes da estreia

O Itabaiana realizou ontem a noite no estádio Presidente Médici, o seu último jogo amistoso antes da estreia na Copa do Nordeste 2013. O adversário desta vez foi a forte ASA de Arapiraca, equipe que disputa a série "B" do campeonato brasileiro.

Como foi:

O jogo começou em alta velocidade, com as duas equipes buscando o gol; o ASA conseguiu penetrar por três vezes na defensiva Tricolor, mas parou nas mãos do goleiro Sérvulo. Passado esse primeiro momento, o Itabaiana foi se estabilizando dentro de campo e o jogo ficou igual. Aos dezessete minutos da primeira etapa, após uma falha individual de marcação, o rápido atacante Valdívia - que sairia posteriormente do jogo com suspeita de fratura no tornozelo direito - recebeu uma bola dentro da área pelo lado esquerdo, pedalou e, de perna canhota não deu chances para o goleiro do Itabaiana. ASA 1x0.
Mesmo tendo recebido o gol no momento em que estava melhor na partida, a equipe sergipana, sob a orientação do experiente técnico Freitas Nascimento, soube manter o equilíbrio emocional. Valorizou a posse de bola e, com triangulações no setor ofensivo, ameaçou por três ou quatro vezes  o gol defendido por Gilson. Final do primeiro tempo, ASA 1x0.


Para a segunda etapa, as equipes voltaram com as mesmas formações. Aos três minutos de jogo, após um cruzamento de Nininho pelo lado esquerdo, a bola passou por toda a defesa do ASA e sobrou limpinha para o atacante Diego Silva que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol. Estava empata a partida.
O Itabaiana recuperou a confiança e obrigou ao bom goleiro e capitão do ASA, Gilson, a praticar defesas milagrosas, a exemplo do que aconteceu aos dez minutos, quando mais uma vez Nininho fez o cruzamento e o mesmo Diego Silva pegou de voleio. Na sequencia foram várias oportunidades criadas pelo Itabaiana, sempre esbarrando na figura do goleiro Gilson. Em contrapartida, o ASA, chegou por duas vezes somente ao gol de Sérvulo, mas, com muito perigo, inclusive, chutando as duas bolas na trave após desvio do goleiro tricolor.
No final do jogo, aos quarenta minutos, o zagueiro Edson Veneno (ASA) agrediu o lateral direito Ricardinho (Itabaiana) e acabou sendo expulso.Fim de jogo, Itabaiana 1x1 ASA.


 A arbitragem do jogo ficou por conta do senhor Eduardo Santana Nunes (FSF), com uma atuação confusa e que acabou irritando as duas equipes., aliás, apesar de ser um dos melhores árbitros da Federação Sergipana, o Sr. Eduardo Santana tem sido muito criticado pela imprensa esportiva de Sergipe e pelo torcedor tricolor, sobretudo, quando trabalha em jogos que envolvem o Itabaiana. Os auxiliares de linha foram Ivaney Alves Lima e Aílton Farias, com atuações discretas e firmes e o quarto arbitro foi o itabaianense Sérgio Carlos, fechando assim o quarteto.
O resultado do jogo foi encarado como positivo pelo técnico Freitas Nascimento: " Avalio como positivo. Tomamos o gol, tivemos forças de reação e o meu grupo de jogadores mostrou que tem fibra, determinação e qualidade. Empatamos com uma equipe de série "B", com outra realidade financeira totalmente diferente da nossa, mas que dentro de campo, quem pareceu o "primo rico " foi o Itabaiana que, teve a maior posse de bola e as melhores chances de gol. A vitória teria sido o resultado mais justo, todavia, gostei do que vi e isso nos dá uma esperança muito grande de fazer uma boa estreia no sábado contra o Bahia", finalizou o técnico tricolor.

Freitas Nascimento utilizou os seguintes atletas:
Sérvulo, Ricardinho, Sílvio, Celso (C) e Nininho; Raulino, Edson, André e Diego Silva (Júnior); Furlan (Klenisson) e Fernandes (Eduardo Rato)

Leandro Campos começou com esta formação:
Gilson, Osmar, Thiago Garça, Fabiano e Thalisson; Cal, Audálio, Basílio, Didira e Valdívia: Léo Gamalho.

O Itabaiana retorna aos treinamentos na manhã dessa segunda e trabalha até a sexta-feira, quando às 17h30 viaja à Salvador, para enfrentar no sábado às 18h30 (horário local) o poderoso Bahia no estádio Roberto Santos (Pituaçu), pela primeira rodada da Copa do Nordeste 2013. Cerca de cinco ônibus de torcedores devem seguir à Salvador para apoiar o atual campeão sergipano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.