terça-feira, 9 de julho de 2013

Luto duplo.






Infelizmente o Itabaiana registrou no dia de ontem um luto duplo em virtude dos falecimentos dos ex-jogadores Zé de Neném, irmão do Sr. Faustino, que figurou no grupo que conquistou o primeiro título do Itabaiana ainda na fase amadorista, Campeão da Zona Centro em 1959 e do volante Claudiney Rincon, este último com um passagem discreta na fraca campanha da série D do ano passado.



Segundo informações do seu irmão Faustino, Zé de Neném, 83 anos, vinha com problemas de saúde há algum tempo,  entretanto, a morte mais surpreendente foi a de Rincon, jogador que aparentava um vigor físico muito grande no alto dos seus 33 anos e plenamente em atividade. 


Paralelamente ao seu contrato em vigência com o Avenida/RS, Rincon se naturalizou guinéu-equatoriano, país de origem africana, para disputar as eliminatórias para a Copa do Mundo do Brasil.

Após idas e vindas ao continente africano, o jogador sentiu-se indisposto e foi internado em Sorocaba/SP, de onde não saiu mais com vida. Há suspeita que Rincon pode ter sido vítima de malária africana, doença que compromete fígado, baço, rins e pulmão.


Outros jogadores que se naturalizaram africanos estão apreensivos com a possibilidade de também ter contraído a enfermidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.