terça-feira, 27 de agosto de 2013

8 de julho. Qual o sentido?




Pensei que já havia visto de tudo no nosso futebol, mas essa decisão do C.S. Sergipe jogar em Alagoas a segunda fase do campeonato brasileiro da série D, tenha santa paciência, aí foi demais.
Por mais que alguns colegas tentem vender a imagem que temos um futebol forte, respeitado; por mais que o presidente da FSF, Sr. Carivaldo Souza afirme que tudo vai bem, não dá pra engolir tamanha falta de auto-estima. 

Somos taxados de "quintal da Bahia", se bem que eu nunca vi um quintal tão limpo com uma casa tão suja; até aí tudo bem, mas, transferir jogos de equipes sergipanas para o estado vizinho de Alagoas por falta de estádios, foi assinar o atestado, a certidão, ou coisa que os valha, de total descompromisso com o esporte mais praticado em todo mudo e principalmente com o torcedor sergipano. E não me venham os experts, os pseudos-entendidos de futebol, fazer comparações com as equipes que optam em jogar fora dos seus Estados. Eles agem assim pela questão financeira e não por que nas suas sedes não possuam campos de futebol em condições de abrigar seus jogos.

Depois disso, o que veremos ainda? Qual o sentido de comemorar a data 08 de julho?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.