quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Movimento dos "Sem Campo".

Contrastando com os alojamentos - que já estão em fase de conclusão - a garotada do Itabaiana segue sem um espaço apropriado para realizar suas atividades no Centro de Treinamento. Apesar do alto investimento, o que deveria ser a independência da equipe em relação aos trabalhos físicos e com bola, o que vemos hoje no CT é, um local propício apenas para a prática do "waterfoot" ou seja, futebol na água. Basta ameaçar chover, os campos já ficam alagados.

E o que fazer??? O engenheiro agrônomo e diretor da equipe Luciano de Jesus,  já tentou de tudo, todavia, o jargão popular revela tudo: " o que começou errado, fatalmente irá terminar da mesma forma, errado". Alí só tem um remédio, arrancar tudo e começar do zero.


Mesmo assim, a comissão técnica e os jogadores estão dispostos a enfrentar todo tipo de adversidade em busca da melhor forma para a disputa da Copa São Paulo.
Hoje por exemplo, o preparador físico Márcio Chagas teve que arrumar um cantinho menos inundado para comandar uma atividade.

O lado positivo é que observei muito empenho da garotada em atingir o condicionamento ideal, tanto na parte fisica quanto na técnica/tática.

Enquanto isso, o movimento dos " Sem Campo" continua no Tricolor da Serra.

Acompanhe algumas imagens:








Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.