segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Luz de vela no fim do túnel.



Como a escassez de patrocinadores continua desvelada no Itabaiana e, a  campanha sócio-torcedor não consegue obter a adesão desejada, à Direção Tricolor não restou senão, colocar 20.000m² de área da Vila Olímpica à disposição de empresários que tiverem interesse em realizar um contrato de locação.
Caso vingue a ideia, é pensamento transferir toda a estrutura da Casa do Atleta para o CT Tricolor, inclusive, está previsto para até o final de junho de 2014, a inauguração das áreas de convivência, como refeitório, cozinha, lavanderia, sala de entretenimento, etc.
Claro que esta deliberação de locar um espaço do que sobrou da Vila Olímpica deverá ter desdobramentos e muita polêmica.

Questionado sobre o assunto, o presidente Edivaldo Lima disse:
"Estamos muito preocupados com a saúde financeira do clube. Propomos várias parcerias com empresários locais e de outras cidades, entretanto, levamos várias portas na cara; apesar dos esforços de Luciano de Jesus e sua equipe, a maioria da torcida não entende que se tornar sócio-torcedor é imprescindível, vital. Somente a subvenção do executivo municipal não é suficiente para tocar uma equipe como o Itabaiana. Daí que, nos reunimos com o Conselho Fiscal e decidimos alugar uma área de 20.000m² na Vila Olímpica. 
Infelizmente, a julgar pela situação atual, enxergamos apenas uma luz de vela no fim do túnel", desabafou o Presidente.


Se não bastassem os problemas financeiros, este blog está apurando um caso gravíssimo de indisciplina na Casa do Atleta envolvendo garotos da base. Caso se confirme a nossa suspeita, esperamos que a direção tenha pulso firme e poder de decisão, sem passar a mão na cabeça de ninguém, como aconteceu nos três últimos anos na equipe tricolor, onde alguns garotos aprontavam e sempre tinha um "padrinho" que intercedia. Não creio que a diretoria atual seja omissa e demonstre fraqueza.

Um comentário:

  1. Engraçado Beto Silveira, ofereci meu Trabalho como Treinador para estruturar a Base do Itabaiana, sugeri inclusive muitas coisas que estão em pauta, conversei inclusive com o Técnico Lima, em sua chácara, meses antes dele assumir o Sub-18, Adailton sempre me apoiou como Gerente de Futebol em sua indicação, mas eu aleguei que sou técnico, e formador de base, então sou de dentro das quatro linhas pra quem entende, consegui um patrocinador para meu salario ai mesmo em Itabaiana, mais uma Copa Internacional pro sub 17 e 20, investidores para as futuras Copas São Paulo, amistosos com Clubes Parceiros, como Santos FC. Santo Andre, Avai, Figueirense Ponte Preta, entre outros, mas recusaram, não entendi, tínhamos um projeto que também envolvia um marketing com um ótimo retorno pra o clube, mas até agora.. resumindo: tenho propriedades em Itabaiana, sempre vou torcer e continuar tentando ajudar esse Clube que aprendi à amar e admirar, mas acho que vou acabar fechando um trabalho com Clube vizinho ao Tricolor, e mostrar trabalho dentro do Médice, ai vão dar valor, mas pode ser tarde... a gente si magoa, quando quer ajudar, e os que acham que saber fazer não aceitam ajuda, preferem bater cabeça, do que aceitar ajuda... fica aqui à incógnita..?????????????

    ResponderExcluir

A sua opinião é livre.