segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Coritiba confirma supremacia e vence o Itabaiana na estreia do Sergipano.



Ontem, pela abertura do campeonato sergipano, o Itabaiana foi derrotado no estádio Presidente Médici pelo placar de 3x1. 
O Coritiba de Gia saiu atrás, mas conseguiu uma virada épica. Senão fosse pelas defesas importantes do goleiro Fábio, o Tricolor da Serra poderia ter amargado uma goleada histórica.


O "anuro atômico" começou a vencer o jogo após as expulsões do zagueiro Thiago e do atacante Da Silva. Na expulsão de Thiago, o jogador fez falta perigosa próximo a área; como já havia recebido cartão amarelo, não restou ao árbitro Rogério Lima da Rocha senão aplicar a regra, ou seja, cartão vermelho. No caso de Da Silva, o árbitro aplicou direto o cartão vermelho, alegando que fora agredido verbalmente pelo atacante serrano. Em contrapartida, segundo Da Silva, Rogério Lima da Rocha tem algo pessoal contra ele e que, no jogo amistoso contra o Confiança, o árbitro passou o tempo todo o ameaçando de expulsão, inclusive, o técnico José Carlos Amaral confirmou às emissoras de Rádio que, o próprio Rogério orientou a substituir o atacante tricolor para que o mesmo não fosse expulso.

O Coritiba chegou ao segundo gol e logo em seguida ao terceiro. Os poucos torcedores do Coritiba que estavam ao estádio - familiares e amigos dos jogadores - ensaiaram até um "olé".
Que a derrota foi uma lástima para o Itabaiana, isto ninguém tem dúvida, entretanto, poderia ter sido uma catástrofe senão fossem as várias defesas do goleiro Fábio, que evitou um vexame ainda maior.

Os quase dois mil torcedores do Itabaiana que foram ao Médici, viram uma equipe apática, sem vibração e sem a característica principal do povo de Itabaiana, a garra. A equipe serrana confirmou sua fragilidade na marcação do meio de campo e a pouca criatividade no elo entre meio e ataque.

Após a partida, o presidente Edivaldo Lima preferiu não se manisfestar e, uma reunião está marcada para hoje à noite com o diretor de futebol Adailton Sousa. Deveremos ter novidades.

O gol do Itabaiana fora marcado pelo atacante Jajá, enquanto que para o Coritiba marcaram Curel, Batata e Douglas Lima (contra).

O técnico José Carlos Amaral utilizou os seguintes jogadores:

Fábio, Lelê, Thiago, Diego Padilha e Roni (Daniel); Robinho, Fernando Pilar (Eli Carlos), Marquinho e Almir Sergipe (Douglas Lima); Jajá e Da Silva.

O Coritiba do técnico Elenilson Silva utilizou os seguintes jogadores:

Acácio, Wesley (Ícaro), Cirilo, Carlos Alberto e Diogo; Batata (Gomes), Zé Antonio, Leandro (Agnaldo) e Curel; Josimar e Naldinho.

Para a sequencia do campeonato, na próxima quarta-feira às 20h30 o Itabaiana vai à N.S. do Socorro enfrentar a Socorrense, enquanto que o Coritiba recebe no estádio Presidente Médici, o Canindé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.