segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Tremendão goleia e garante vaga na final da Copa GE.



O Itabaiana garantiu ontem à tarde uma das vagas para a final da Copa Governo do Estado ao golear o Estanciano pelo placar de 3x0, com gols de Fabinho Recife, Almir Sergipe e Jajá.




Apesar do jogo ter acontecido na cidade de Estância, a torcida do Itabaiana demonstrou mais uma vez porque é considerada a maior torcida presente aos estádios no Estado de Sergipe. Os jogadores se sentiram como se estivessem jogando no estádio Presidente Médici em Itabaiana.


Desde o inicio foi um jogo tenso e muito movimentado, tanto que o árbitro Eduardo Santana teve que aplicar cerca de oito cartões amarelos para conter o excesso de vontade de alguns jogadores.
Melhor para o Itabaiana que, logo aos quarenta segundos de jogo marcou o seu primeiro gol através do atacante Fabinho Recife. Daí pra frente só deu Estanciano; que parou na postura firme dos zagueiros Alexandre e Thiago e do experiente goleiro Fábio.




Para a segunda etapa, as equipes promoveram algumas alterações e mais uma vez a estrela do técnico Ferreira brilhou. Numa jogada que iniciou com o lateral Nilton, a bola sobrou para Almir Sergipe que acabara de entrar; ele dominou com a direita, puxou para a esquerda e pimba: mais um gol do Itabaiana.
A festa começou a ser pintada de vermelho, branco e azul.

Com 2x0 no placar, o Tricolor da Serra apenas administrava as jogadas ofensivas do adversário, que ficaram ainda mais escassas com a saída por contusão do bom atacante Mano. Num desses lances, o atacante Da Silva puxou o contra-ataque e serviu o artilheiro Jajá que, de perna direita, marcou o terceiro gol e sacramentou a classificação do Tricolor para a fase final da Copa Governo do Estado.


Após o jogo, o supervisor do Itabaiana Gilberto Nunes desabafou: " Tinha gente aí criticando eu e Adailton pelas contratações e pelos resultados negativos do inicio da competição.Quero ver agora o que essas pessoas vão dizer", finalizou Gilberto Nunes em tom de vingança.

Só lembrando que o Itabaiana ainda não conquistou nada e, pelo que sei, quando ganha, ganha todo mundo; e quando perde, perde todo mundo. Não adianta nada fazer uma operação caça às bruxas nem tampouco eleger pai de criança alguma.


O fato lamentável ficou por conta das cenas de selvageria, onde alguns poucos vândalos, bandidos travestidos de torcedores do Estanciano, inconformados com a goleada sofrida dentro de campo apedrejaram os ônibus da torcida do Itabaiana. Graças a Deus ninguém ficou ferido.





O técnico Ferreira utilizou os seguintes jogadores;

Fábio, Carlos Henrique, Thiago, Alexandre e Nilton; Fernando Pilar (Robinho), Lelê, Eli Carlos (Almir Sergipe) e Igor; Jajá e Fabinho Recife (Da Silva).




A equipe volta aos treinamentos na tarde desta segunda-feira como preparativo para o 1º jogo da final contra a Amadense de Tobias Barreto.


A decisão será realizada em jogos de ida e volta. O primeiro acontece na quinta-feira (06/01) às 20h30 no estádio Presidente Médici em Itabaiana. Deveremos ter recorde de público e renda. O último e decisivo jogo acontece no próximo domingo no estádio Brejeirão em Tobias Barreto.
A Amadense tem a prerrogativa de decidir em casa por ter obtido a maior quantidade de pontos ganhos na fase classificatória.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.