segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Tricolor cai de 4 no Médici.

                                        foto divulgação FSF


Um futebol sem competitividade foi o que apresentou o Itabaiana na tarde de ontem no estádio Presidente Médici; resultado, goleada.

Em aproximadamente noventa e poucos minutos de bola rolando, o Tricolor da Serra finalizou apenas três vezes, muito pouco para uma equipe que tem a pretensão de chegar as finais do campeonato sergipano.

Já o Sergipe, poderia ter definido o jogo na primeira etapa, entretanto, a postura covarde do "vermelhinho" proporcionou uma partida medíocre do ponto de vista da qualidade técnica. Jogou apenas nos erros do Itabaiana.

Depois de um 0x0 enfadonho, a equipe do Sergipe voltou para a segunda etapa com três atacantes, enquanto que o Itabaiana, sem opções no banco de reservas e, com uma apatia irritante, tentava segurar o placar de empate, que àquelas alturas era considerado um bom resultado. 
Mas o previsível aconteceu: os gols do Sergipe foram saindo um a um com extrema facilidade.
Final de jogo: Itabaiana 1x4 Sergipe


Após as dispensas, o Itabaiana ainda não repôs o elenco e isso foi também um fator preponderante para a derrota da forma como aconteceu.
Eu isento o técnico interino Ferreira de qualquer responsabilidade. Não há treinador que consiga realizar um trabalho convincente sem um elenco satisfatório.
O técnico contratado, Rodrigo Fonseca - que assistiu o jogo - falou após a partida nos microfones da Rádio Fm Itabaiana que foi pior do que lhe haviam passado. " Mesmo com o elenco reduzido, vi uma equipe sem garra, sem vibração, totalmente diferente do que sempre foi o Itabaiana" observou Rodrigo.


O técnico Ferreira colocou em campo os seguintes jogadores:
Fábio, Carlos Henrique, Thiago, Valdson (Alex Júnior), Alexandre e Iury; Lismar, Marquinho e Lelê; Jajá e Eli Carlos (Cláudio).

O Itabaiana só voltará a entrar em campo pelo campeonato sergipano no próximo dia 26/02 contra o arqui-adversário Coritiba Itabaiana. O jogo acontecerá às 20h30 no estádio Presidente Médici.
Haverá tempo de sobra para a diretoria descobrir quem quer alguma coisa, realizar algumas contratações e dar um padrão de jogo a equipe. É o que esperamos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.