sexta-feira, 21 de março de 2014

STJD entende como fantasiosas as denúncias contra o atacante DaSilva.

                                                              Dr. Amilton Gomes 


O processo contra o atacante DaSilva do Itabaiana foi julgado no dia de ontem pelo pleno do STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol) e, por unanimidade de votos, o recurso do Itabaiana obteve êxito e o jogador foi apenado com 4 jogos de suspensão e não com os 210 dias como queria o TJD da Federação Sergipana de Futebol.


A brilhante defesa iniciada pelo advogado Dr. Amilton Gomes e finalizada pelo Dr. Isaac Chafricks conveceram os membros do Supremo Tribunal que as acusações que pesavam sobre o jogador DaSilva eram fantasiosas e inverídicas.

Este caso em especial, nos remete aos idos de 70 e 80 quando havia no Tribunal de Justiça Desportiva de Sergipe uma predisposição em condenar a Associação Olímpica de Itabaiana em qualquer processo apresentado àquela casa. Todavia, o patrono José Queiroz sempre recorria ao STJD e, não obstante à forma obscura e perseguidora como eram tratados os casos envolvendo a equipe serrana em Sergipe, o Itabaiana venceu todas as querelas jurídicas no Rio de Janeiro sempre por unanimidade.


Parabéns aos nobres e competentes operadores do bom Direito, Dr. Amilton Gomes e Dr. Isaac Chafricks por defenderem com donaire, impavidez e conhecimento, a verdade dos fatos.

Veja na íntegra o despacho do Auditor-Relator Dr. Paulo César Salomão Filho:

Processo nº 041/2014 – Recurso Voluntário – Procedência : TJD/SE – Recorrentes: 
Procuradoria do TJD/SE e Associação Olímpica de Itabaiana em favor de seu atleta 
Erisvaldo Oliveira da Silva – Recorridos: Erisvaldo Oliveira da Silva atleta da 
Associação Olímpica de Itabaiana e TJD/SE. 
Auditor Relator: Dr. PAULO CÉSAR SALOMÃO FILHO. 
Decisão : “ Por unanimidade de votos, conhecer do Recurso para no mérito, dar lhe 
parcial provimento para suspender por 04 partidas, o atleta Erisvaldo Oliveira da 
Silva, da AO Itabaiana, face a desclassificação dos Arts.254, § 3º, e 243 – C 
para o Art.258, §2, II, todos do CBJD.” 
Funcionou na defesa do AO Itabaiana o Dr. Isaac Chafricks

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.