segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Itabaiana recua e deixa escapar 1ª vitória no Sergipão 2015.



Na tarde de ontem no estádio Presidente Médici, o Itabaiana deixou escapar sua primeira vitória no campeonato sergipano de 2015.


Na presença de pouco menos de 1.000 pagantes, a equipe Tricolor da Serra fez sua pior apresentação na temporada. 
Com lampejos de criatividade e vivendo apenas das jogadas individuais dos atacantes Kako e Patrick, a equipe do Itabaiana voltou a apresentar os mesmos erros de marcação no setor de meio de campo, erros estes que tem sobrecarregado a zaga. Aliás, o Itabaiana tem sido frágil na marcação e nas roubadas de bola, principalmente porque todos os volantes tem a mesma característica, o que facilita as investidas das equipes adversárias.

Outro quesito que precisa ser corrigido o mais rápido possível no Itabaiana é a marcação das bolas alçadas na área tricolor. Nos três primeiros jogos, observou-se que as bolas aéreas vindas da linha de fundo tem causado pânico na defensiva serrana.

Até os vinte e três minutos do primeiro tempo, a partida transcorria em pé de igualdade, com uma leve vantagem do Itabaiana na posse de bola, até que, ao vinte quatro minutos, o atacante lagartense Dodô, recebeu uma bola livre de marcação dentro da área e só teve o trabalho de chutar para abrir o placar. Lagarto 1x0.

Cinco minutos depois, o atacante kako recebeu um ótimo lançamento do meia Capela e chutou forte; o goleiro defendeu parcialmente e na volta, Patrick conseguiu num toque sutil, de bico, empatar a partida. Itabaiana 1x1 Lagarto.

Um minuto após o primeiro gol, num jogada pela lado esquerdo, o atacante Patrick voou, para de cabeça marcar seu segundo gol na partida e virar o jogo. Itabaiana 2x1.
E assim, terminou a primeira etapa com a vitória parcial do Itabaiana.

Para o segundo tempo, o técnico Vavilson dos Santos substituiu o volante Amaral pelo meia Fabiano, que mais uma  vez não conseguiu dar dinâmica na transição meio/ataque. Se o Itabaiana já era vulnerável com três elementos de marcação no meio de campo, aí as coisas pioraram. O Tricolor da Serra inexplicávelmente ficou totalmente defensivo e chamou o Lagarto para o jogo. 
E o que estava ruim piorou ainda mais quando o técnico tricolor retirou o atacante Kako e colocou o zagueiro Vinicius. 
Com a postura equivocada do tricolor de abdicar do ataque e tentar manter o resultado de forma desordenada, o Lagarto encarcerou o Itabaiana no seu campo defensivo e, aos trinta e quatro minutos chegou ao gol de empate. 
A tragédia não foi maior ainda porque o zagueiro lagartense Cirilo perdeu uma chance incrível, praticamente dentro do gol. Final: Itabaiana 2x2 Lagarto.

Após a partida, vários torcedores manifestaram seu descontentamento com a apresentação da equipe tricolor e principalmente com as alterações que não surtiram efeito, pelo contrário, tornaram o Itabaiana ainda mais e tão somente, um time defensivo.

O técnico Vavilson dos Santos utilizou os seguintes jogadores:

Rodrigues, Emerson, Alexandre, Dener e Wberlan; Ícaro, Zé Antônio, Amaral (Fabiano) e Capela; Patrick e Kako (Vinicius).





A equipe volta aos treinamentos na manhã dessa terça-feira, em preparação para o jogo do próximo domingo contra o Coritiba.

Acompanhe mais algumas imagens pelas lentes de Eldon Santana:









Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.