domingo, 10 de janeiro de 2016

Sem inspiração, Tricolor é derrotado pelo CSA em Maceió.







Ontem, no estádio Gustavo Paiva (Mutange) em Maceió, em jogo amistoso contra o CSA, o Itabaiana fora derrotado pelo placar de 2x0.


O jogo começou equilibrado. Como já era esperado, a equipe da casa começou a partida buscando a todo instante o gol adversário.
Sem êxito, percebeu que a equipe serrana também tinha suas qualidades e, a partir daí o jogo ficou se igualou.




Antes de sofrer os dois gols ainda na primeira etapa de jogo, o Tricolor Serrano teve a melhor chance, desperdiçada pelo lateral direito Cláudio Allax que, surgiu frente a frente com o goleiro azulino, bateu firme, meia altura, o que facilitou a defesa do excelente goleiro Jeferson.


Na sequência, em menos de cinco minutos, a máxima do " quem não faz, leva" ficou evidenciada. 
Num lance de ataque pela direita, numa indecisão de marcação, o meia Cleiton avançou pela direita, entrou na área e chutou no lado esquerdo do goleiro Max; CSA 1x0.

Logo após, numa jogada aérea, a defensiva tricolor ficou apenas observando o atacante Rafael Oliveira subir livremente e cabecear para as redes serranas. CSA 2x0.





O Itabaiana sentiu bastante os dois gols e ficou nisso o primeiro tempo.


Para a segunda etapa, os dois técnicos, Rocha (Itabaiana) e Oliveira Canindé (CSA) efetuaram várias mudanças.
O CSA se retraiu um pouco e chamou o Itabaiana para o ataque, sempre muito bem guarnecido pelo goleiro Jeferson.

A todo instante o técnico Rocha chamava a atenção de seus jogadores para adiantar a marcação e induzir o adversário ao erro. Com a necessidade de marcar pelos menos um gol, o Itabaiana acabou propiciando duas ótimas chances para o CSA. Na primeira, o volante Jean Cléber fez uma infiltração pelo meio da zaga tricolor; avançou sozinho, pensou e chutou muito mal, perdendo uma chance incrível.
Depois foi a vez do atacante Rafinha acertar a trave do goleiro Max.


Após o jogo, o técnico Rocha avaliou como positivo o amistoso, entretanto, adiantou que fará algumas mudanças para o jogo de quarta-feira às 20h15 no estádio Presidente Médici contra o Clube de Regatas Brasil (CRB) também de Maceió.
" Não gostei da postura da equipe ... falou-se muito pouco dentro do campo ... no time que eu dirijo só vai jogar quem tiver postura de guerreiro ... quero meu time marcando em cima."




Já o atacante Paulinho Macaíba reconheceu que a equipe precisa evoluir e atribuiu à viagem de quatro horas entre Itabaiana e Maceió, o médio desempenho na partida.


O técnico Nadélio Rocha iniciou a partida com a seguinte formação:

Max, Cláudio Allax, Thiago, Alexandre e Zada; Gil Baiano, Rafael Bahia, Ribinha e Igor; Paulino Macaíba e Zé Soares.

Jogos como este - com equipes profissionais e qualificadas - são fundamentais para traçar um parâmetro dos jogadores que tem ou não condição de vestir a camisa tricolor.


O Itabaiana volta aos treinamentos nessa segunda-feira em preparativo para o segundo jogo amistoso antes da estreia no Sergipão 2016.

O jogo acontece na quarta-feira às 20h15 no estádio Presidente Médici em Itabaiana, contra o CRB de Maceió.

O ingresso vai custar R$ 20,00 e mulheres acompanhadas não pagam.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.