domingo, 6 de março de 2016

Guarany 1x1 Itabaiana: Futebol zero.





A fase classificatória do Sergipão 2016 fora concluída ontem e o Itabaiana acabou empatando em 1x1 com o Gurany em Porto da Folha.

Não há muita coisa para falar desse jogo, porque, simplesmente não podemos considerar aquilo que vimos, uma partida de futebol profissional.

Estranhamente, dos grandes (Itabaiana, Sergipe e Confiança), somente a equipe Tricolor da Serra foi à Porto da Folha enfrentar a equipe local.
Estranhamente também, a Federação Sergipana de Futebol só liberou o campo Caio Feitosa após o Guarany ter que jogar fora contra as equipes da Capital.

Mesmo com a prova cabal dessa falta de isonomia, não ficamos sabendo de nenhuma manisfestação de indignação por parte da presidência do time serrano, pelo contrário, observamos uma resiliência incomum.

Pois bem, após duas horas e meia de viagem, a equipe do Itabaiana chegou à Porto da Folha para cumprir o último jogo da fase classificatória. O jogo começou às 15h15, numa temperatura que beirava os 40º.

Para ilustrar ainda mais o pouco ou nenhum profissionalismo, o médico da FSF somente chegou ao campo Caio Feitosa aos 38 minutos do segundo tempo. Interpelado por um representante do Guarany sobre o atraso, o médico da Federação disse que ninguém o avisou que o jogo fora alterado para Porto da Folha, e o mesmo acabou indo à Canindé do São Francisco, distante cerca de 67km de onde a partida estava sendo realizada.


O jogo:


As duas equipes entraram em campo com situações totalmente distintas. O Itabaiana do técnico Leandro Campos, já classificado para a fase final do campeonato, aproveitou para colocar em atividade alguns jogadores que ainda não haviam tido uma oportunidade, enquanto que o Guarany, do técnico Ferreira, precisava de uma vitória para entrar com confiança no "Torneio da Morte", onde apontará os dois rebaixados para a segunda divisão em 2017.





Simplesmente não houve futebol. O que eu e mais umas quatrocentas pessoas presenciaram - dentre estas, umas 150 de Itabaiana - foi um festival de "balões" e chutões. O Itabaiana até que tentou em alguns momentos colocar a bola no chão, mas, sem sucesso, também aderiu aos lançamentos na área do adversário para ver o que aconetece.

Somente na segunda etapa os gols sairam. Primeiro do Itabaiana, com o meia Ribinha cobrando pênalti. Não demorou muito e o Guarany chegou ao empate. Ponto final: Guarany 1x1 Itabaiana.






O Itabaiana encerrou a primeira fase do Sergipão como a segunda melhor equipe, atrás apenas três pontos da equipe hoje no futebol sergipano, que tem a melhor estrutura e uma folha salarial que custa, pelo menos, quatro vezes mais que a do Tricolor da Serra.


O Itabaiana jogou e empatou com:

Rodrigo Carvalho, Ícaro, Alexandre, Renan (C) e Ramon; Rafael Bahia, Rafael Paulista, Branco e Ribinha (Cristian); Zé Soares (Patrick) e Fabiano Amaro.






A equipe Tricolor retorna às atividades nessa segunda-feira, em preparação para a abertura do hexagonal final do Sergipão 2016.
O Itabaiana abre sua participação enfrentando o difícil Dorense fora de casa, o mesmo Dorense que venceu a  equipe serrana  pelo placar de 2x1, de virada, na primeira fase do campeonato.


Acompanhe mais algumas imagens do jogo:




















Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.