sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Sergipão 2018: Tricolor dá vexame na estreia.





No complemento da 1ª rodada do Sergipão 2018, o Itabaiana enfrentou a frágil equipe do Dorense e não saiu de um medíocre 0x0 em plena Arena Batistão.


O zero a zero de ontem foi só o reflexo de um jogo péssimo em qualidade técnica, onde o erro de passe acabou roubando a cena nos dois períodos.


Ambas as equipes se mostraram desprovidas de poder ofensivo. Embora o Itabaiana tenha acertado a trave do seu adversário no finalzinho do segundo tempo, o que se viu mesmo foram alguns poucos jogadores com muita vontade, em detrimento de outros que vieram apenas para tirar uma onda e anotar mais um contrato de trabalho na sua CTPS.


Foram cinco jogos sem um único gol marcado. Se serve de consolo, o fato positivo é a invencibilidade do setor defensivo, pois, se o meio/ataque é inexpressivo, a defesa tricolor continua fazendo a sua tarefa, que é evitar o gol.


Sobre o jogo em si, não temos quase nada a relatar. Jogo feio, sem criatividade; onde, tanto o Itabaiana como o Dorense esperaram apenas por um lance fortuito para mudar a sorte do jogo.


Agora não tem mais o que aguardar. Se a direção do Itabaiana tem mesmo pretensões de participar da fase final do campeonato sergipano, medidas enérgicas e urgentes devem ser tomadas para resgatar o prestígio e a competitividade da equipe serrana.


Deu tempo de mais para se separar o joio do trigo, ou seja, de retirar do meio dos que querem alguma coisa, àqueles que não tem comprometimento algum e os que tecnicamente não reúnem condição de vestir a camisa do Tremendão.


Ao término do jogo, as quase 400 testemunhas que estiveram no estádio foram uníssonas em cobrar uma postura diferente, tanto da diretoria, como principalmente dos jogadores e comissão técnica.



Se nenhuma medida radical for adotada agora, entenderemos que há uma conivência irresponsável, danosa e, mais que tudo, desrespeitosa à instituição Associação Olímpica de Itabaiana e sobretudo, ao torcedor tricolor.



O técnico Gilberto Pereira utilizou os seguintes jogadores:

Weide Andrade, Euzébio, Diego Bispo, Ramon e Juninho; Mika, Eduardo e Bida (Branco); Paulinho Macaíba (Danielzinho), Douglas e Léo Lima (Salatiel).





Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.