domingo, 21 de janeiro de 2018

Técnico Gilberto Pereira muda o time e vence o clássico fora de casa.



A estreia do meia Alex Galo não poderia ter sido melhor. Com uma postura e comprometimento totalmente diferentes do fiasco da última quinta-feira, o Tricolor da Serra foi ao estádio Barretão em Lagarto na tarde de hoje e venceu a equipe local pelo placar de 2x1.
Os gols do Itabaiana foram marcados pelos atacantes Douglas e Paulinho Macaíba, um em cada período do jogo.


Só para refrescar a memória, o Itabaiana deixou escapar o título de campeão sergipano em 2016 e o acesso à série "C" do mesmo ano por vaidade e teimosia do então técnico.

Já no jogo de hoje, o atual técnico Gilberto Pereira mostrou sabedoria e humildade ao mudar a peça destoante do meio de campo que era Bida e, colocar sangue novo e com apetite de jogar futebol.

Para quem acompanhou os últimos cinco jogos, a equipe de hoje parecia outro time: trocou passes, permaneceu sólida na defesa ,teve poderio ofensivo, fez gols, e o principal, venceu.


A mudança foi tão expressiva que reapareceu o futebol do volante Eduardo, que, no primeiro jogo em Feira de Santana fora o melhor jogador em campo, e na sequência, não conseguiu manter a regularidade.

O atacante Danielzinho, apesar de não ter marcado gol, foi incisivo e buscou o tempo todo enquanto esteve em campo, a jogada vertical em direção ao gol do Lagarto.


Outro que fez sua melhor partida com a camisa tricolor foi o lateral esquerdo Juninho.


Sabemos que na vitória alguns problemas acabam sendo camuflados. O Itabaiana ainda carece de reduzir o número de passes errados e compactar o meio sem a posse de bola; problemas estes que o técnico tem totais condições de minimizar.


Outra grata surpresa foi a atuação do itabaianense Branco. O jogador que em 2016 era uma grande promessa, acabou ficando fora do elenco de 2017 e hoje surge como uma boa alternativa. 
Branco jogou os noventa minutos e ainda ajudou a neutralizar algumas jogadas adversárias, adjetivo que não faz parte das suas características.


Com a brilhante vitória, o Tricolor da Serra chega aos quatro pontos em dois jogos e mantém sua invencibilidade na atual temporada.


O próximo jogo do Itabaiana será contra a Socorrense que vem de duas derrotas, provavelmente na quarta-feira, porém, sem local ainda definido.


Se a equipe serrana mantiver a postura de hoje na sequencia da competição, será uma forte candidata a chegar nas primeiras posições nesta 1ª fase.



O técnico Gilberto Pereira utilizou os seguintes jogadores:

Weide Andrade, Euzébio (Ícaro), Diego Bispo, Ramon e Juninho; Mika, Eduardo, Alex Galo e Branco; Douglas (Genildo) e Danielzinho (Paulinho Macaíba).

















Já a equipe dos juniores do Itabaiana não teve uma tarde feliz. Acabou sendo derrotada pelo placar de 4x0 na primeira rodada do Sergipão sub-19.


Temos que levar em consideração o curto período de treinamento, a baixa faixa etária da garotada tricolor e o entrosamento da equipe adversária que, a poucos dias atrás disputou a Copa São Paulo de Juniores.


Independente do que aconteça, o Itabaiana tomou a atitude correta em prestigiar mais de 70% de garotos abaixo da idade limite da competição e moradores da região.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.