domingo, 16 de junho de 2019

Mata-mata: Em falhas individuais, Tricolor inicia segunda fase com derrota.




Iniciou hoje para Asa/Al e Itabaiana, a segunda fase da série D do Brasileiro.

Em Arapiraca, a equipe do ASA fez o dever de casa e venceu o Tricolor da Serra pelo placar de 2x0.

Embora o Itabaiana tenha tido o maior volume de jogo e a maior posse de bola, a equipe alagoana soube tirar proveito de duas falhas individuais do seu adversário e marcou duas para consolidar a vitória no primeiro jogo.


Sobretudo na primeira etapa, a equipe sergipana ditou o ritmo do jogo. Tanto fez que o bom goleiro Marcão deixou o gramado como  o destaque na primeira parte do jogo.

Pelo lado do Itabaiana, a parte defensiva esteve bem postada, porém não foi suficiente para evitar a derrota. Destaque mais uma vez para o volante Daniel que, a exemplo de jornadas anteriores, mostrou muita bravura e comprometimento.


Ficaram explícitas as ausências de Igor - um dos responsáveis pelas jogadas de articulação no ataque - e, principalmente, do volante Jacobina, ambos vetados por problemas médicos. Infelizmente, a entrada de Ronald mais uma vez não surtiu o efeito desejado pelo técnico Ferreira. Sem Daniel e Jacobina, a equipe do Itabaiana fica muito vulnerável na contenção e na roubada de bola.

Na parte ofensiva, houve pouca aproximação entre o meio e o ataque, fato que acabou dificultando as ações dos atacantes Luiz Paulo e Ila.

Apesar da derrota, o técnico Ferreira e os jogadores tricolores deixaram o gramado do estádio Coaracy da Mata Fonseca, conscientes que tem plenas condições de reverter o placar no próximo jogo.





A partida que irá definir a equipe que avança para a terceira fase da série D acontecerá no sábado que vem (22/06) às 20h no estádio Etelvino Mendonça em Itabaiana.


Abro um parêntese para o excelente número de torcedores do Itabaiana que viajaram à Arapiraca.





O Itabaiana jogou e perdeu com:

Weide, Renato, Berto, Hugo e David; Daniel, Ronald, Gaúcho (Branco) e Aurélio; Luiz Paulo e Ila (Alan).





Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.