quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Débitos sem fim!

Desde que assumiu, há cerca de quarenta e cinco dias atrás, a direção interina do Itabaiana é surpreendida todos os dias com o surgimento de cobranças das mais diversas possíveis.

Este blog teve acesso com exclusividade ao documento onde um escritório de advocacia do estado da Bahia cobra da AOI honorários referentes a serviços prestados ao clube serrano.

Isto só vem comprovar que o presidente afastado, mesmo sendo um operador do Direito, nunca teve interesse ou competência alguma para defender com avidez a instituição Associação Olímpica de Itabaiana.

O débito com o escritório segue o mesmo roteiro de logro que atingiu fornecedores e funcionários, ou seja, do acordo firmado em novembro do ano pretérito, somente uma parcela foi devidamente quitada, referendando a atitude oportuna e pertinente do afastamento imediato, antes que o então presidente levasse à diante a sua ideia de insolvência da AOI.




Tentamos por várias vezes no dia de hoje, via celular, um contato com o presidente em exercício; sem êxito.

É preciso que Wilson Mendonça se pronuncie publicamente sobre essa avalanche de dívidas que norteiam a administração desastrosa do presidente afastado Alberto Nogueira, e detalhe com clareza onde foram parar os mais de um milhão e meio que entraram no Tricolor em apenas quinze meses.

Não queremos crer que o Galego irá enveredar pelo mesmo caminho de colocar a sujeira de gestões anteriores, para debaixo do tapete.

O Itabaiana não tem dono, como pensam alguns.

É chegada a hora de quebrar o paradigma: "eu não falo da sua gestão e voce não revela nada sobre a minha".




Nenhum comentário:

Postar um comentário

A sua opinião é livre.